Além do túmulo

O ex-presidente e atual entidade, Fidel Castro, defendeu o atleta cubano que chutou a cabeça de um juiz durante a dusputa pelo bronze de taekwondo, em Pequim. E garantiu: se fosse vivo, faria o mesmo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *