De mano pra Mano…

Entreouvido na saída do Estádio dos Aflitos, e do Cortinthians, depois da derrota do time da marginal sem número para o Náutico: “tamo na merda, mano…”

One thought on “De mano pra Mano…

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *