Será?

O uruguaio típico, que deve decidir no segundo turno das eleições presidenciais se elege um ex-guerrilheiro ou um candidato acusado de corrupção, tem apenas uma certeza: o brasileiro reclama de barriga cheia.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *