De volta ao trabalho sujo

E depois de nove dias preso pela Polícia Federal o governador do Amapá, Pedro Paulo Dias (PP), voltou ao poder. E ao contrário do que o bom senso ditaria em qualquer democracia um pouco melhor informada, muita gente foi receber o político e sua quadrilha no aeroporto de braços abertos, como verdadeiros heróis.

Coisas do povo, este marido traído e conformado que perdoa, mesmo sabendo que é sempre enganado.

Mas enfim, a volta de Pedro Paulo Dias ao poder deixa pelo menos duas lições. A primeira, que ao contrário do Acre, o Amapá existe sim. Está lá entregue às moscas pra todo mundo ver e o pessoal do PP extorquir. E a segunda e nao menos triste, é que assim como no resto do pais, lá também tem muito eleitor otário. Muito mesmo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *