A guerra continua!

Pesquisa divulgada pelo IBGE revela que ao contrário do que muita gente pensava, o número de homens solteiros é maior que o de mulheres em vários estados, como Tocantins, Mato Grosso e Espírito Santo. Mas a novidade acaba por aí e nem requer tanta preocupação.

Como se sabe, não é que tem homem sobrando. O que aumenta a cada dia é o número de homens não praticantes, ou que usam calça colorida. Assim como o de mulheres que disputam com o homem ativo o direito de coçar o saco e ter uma cocota pra chamar de sua.

Sendo assim, ninguém está na vantagem. Pelo contrário! A disputa continua e está cada vez mais acirrada pra um lado, para o outro, e claro, pra quem já mudou de lado ou pratica os dois.

Punição à altura

O ex-governador e ex-grevista de fome Anthony Garotinho foi mesmo condenado a dois anos e seis meses prestando serviços à comunidade e sem poder exercer cargo público. Pelo menos é o que a Justiça Federal do Rio de Janeiro chama de punição.

Já sua esposa, dona Rosinha, foi mais harbitrária. Cortou o videogame e a televisão depois das 22h.

Mais do mesmo

Faz tempo que a Fórmula 1 não traz grandes novidades para quem gosta do esporte. E quando traz, nem sempre é o que se pode chamar de boa nova.

No GP da Hungria, por exemplo, quase nada mudou. Sebastian Vettel larga na pole pela sétima vez este ano, Barrichello larga, mas não sabe se termina. E tem o Felipe Massa, que larga em quarto, mas de qualquer jeito chega atrás do Alonso.

Paradinha apertada

Todo ano a Parada do Orgulho GLBT leva pras ruas da região da Av. Paulista milhares de simpatizantes, ativos e passivos praticantes, pela causa dos homossexuais.

E este ano, a festa tradicionalmente colorida teve em seu protesto o tom monocromático da luta contra a homofobia. Uma causa séria, justa e o mais importante: nenhum pouco enrustida.

Seja como for, o movimento que a cada ano tenta se firmar como um grande protesto, tem alcançado seu objetivo e atraído mais e mais adeptos. Mas a multidão, que só aumenta, não se incomodou com o aperto. Pelo contrário. Nessas horas, se ta gostoso deixa. E quem deixou gostou.