Um tapinha não dói!

Parece que o Congresso Nacional vai mesmo proibir os pais de punir seus filhos com castigos físicos de qualquer espécie, mesmo que sejam apenas pra “colocar ordem na casa”.

Se acontecer, cai por terra a velha máxima que diz que “um tapinha não dói”. Pelo menos em crianças. Mas em adultos continua valendo. Não como o goleiro Bruno pratica, ou o Mel Gibson. Mas se for com jeitinho, na hora e na posição certa, aí não dói mesmo. Dizem, é até melhor…